Embaixador coreano no Brasil discute parcerias com a Universidade

30/10/2015

[gallery:284] A Universidade de Taubaté recebeu, na tarde desta sexta-feira, dia 30, uma visita oficial do embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Jeon Gwan Lee, da embaixatriz, Jong Ran Park, e da consulesa, Wong Young Kim. O encontro teve por objetivo apresentar a Universidade à equipe e debater as parcerias entre a UNITAU e a Coreia. Atualmente, está em andamento, fruto da parceria entre os dois países, o projeto de um navio médico inteligente, que atenderá comunidades ribeirinhas do Amazonas. O embaixador, que em diversos momentos falou em português, revelando familiaridade com o idioma, agradeceu o apoio no projeto do navio e disse que atuará para a ampliação de parcerias entre Instituições coreanas e a Universidade, como, por exemplo, o intercâmbio de professores. Ele também sugeriu a criação de um centro de estudos da língua coreana na UNITAU e a criação de um curso de português para estrangeiros na Universidade. Em tom de brincadeira, o embaixador disse que gosta de visitar Instituições de ensino, pois se sente mais jovem. O Vice-reitor, Prof. Dr. Isnard de Albuquerque Câmara Neto, recebeu a comitiva - ele está respondendo pela Reitoria devido à viagem do Reitor, Prof. Dr. José Rui Camargo, justamente à Coreia para debater parcerias com centros de ensino.  "O navio representa a união de duas vontades. A vontade de servir ao povo que vive na selva e a vontade de realizar pesquisas sobre as doenças tropicais e sobre as inúmeras espécies de fauna e flora da região", disse ele, que morou durante dois anos na região amazônica. ACOM/UNITAU

[gallery:284]

A Universidade de Taubaté recebeu, na tarde desta sexta-feira, dia 30, uma visita oficial do embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Jeon Gwan Lee, da embaixatriz, Jong Ran Park, e da consulesa, Wong Young Kim.

O encontro teve por objetivo apresentar a Universidade à equipe e debater as parcerias entre a UNITAU e a Coreia. Atualmente, está em andamento, fruto da parceria entre os dois países, o projeto de um navio médico inteligente, que atenderá comunidades ribeirinhas do Amazonas.

O embaixador, que em diversos momentos falou em português, revelando familiaridade com o idioma, agradeceu o apoio no projeto do navio e disse que atuará para a ampliação de parcerias entre Instituições coreanas e a Universidade, como, por exemplo, o intercâmbio de professores.

Ele também sugeriu a criação de um centro de estudos da língua coreana na UNITAU e a criação de um curso de português para estrangeiros na Universidade. Em tom de brincadeira, o embaixador disse que gosta de visitar Instituições de ensino, pois se sente mais jovem.

O Vice-reitor, Prof. Dr. Isnard de Albuquerque Câmara Neto, recebeu a comitiva – ele está respondendo pela Reitoria devido à viagem do Reitor, Prof. Dr. José Rui Camargo, justamente à Coreia para debater parcerias com centros de ensino.

 “O navio representa a união de duas vontades. A vontade de servir ao povo que vive na selva e a vontade de realizar pesquisas sobre as doenças tropicais e sobre as inúmeras espécies de fauna e flora da região”, disse ele, que morou durante dois anos na região amazônica.

ACOM/UNITAU