FIES/UNITAU

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC), instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

O FIES é um modelo de financiamento estudantil, que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa, e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato, conforme Portaria Nº 209/18 do MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – Dispõem o Fies a partir do 1° semestre 2018. Consulte aqui.

Para o 2º semestre de 2019, as inscrições estarão abertas, no período de 25 de junho a 1 de julho/2019, conforme cronograma do MEC disponibilizado no link:
http://fies.mec.gov.br/

Há vagas para os cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Educação Física (Bacharel e Licenciatura), Enfermagem, Estética e Cosmética, Nutrição, Psicologia, História, Letras (Inglês), Serviço Social, Pedagogia, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Engenharia Aeronáutica, Engenharia Elétrica, Engenharia da Computação, Matemática, Sistemas de Inforação, Engenharia Civil, Fisioterapia, Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comércio Exterior e Odontologia. 


Mais informações na Central do Aluno UNITAU

Rua Barão da Pedra Negra, 162 – Centro, Taubaté/SP. 

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 19h. 

Contato: (12) 3625-4126 | (12)3625-4182.

 E-mail: fies@unitau.br

Como faço para me inscrever no FIES?

A inscrição no FIES é feita exclusivamente pela internet, por meio do Sistema de Seleção do Fies, disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE. Confira o passo a passo:

1-Inscrição no Fies Seleção para 2019. Mais informações aqui. 

2- Conclusão das inscrições no SisFIES

O estudante pré–selecionado deverá completar as informações da inscrição no link fiesseleção, informando os dados de financiamento a ser contratado. É importante que o aluno leve em consideração o prazo para realizar a seleção informado no site do Fies. 

3- Validação das informações

Após complementar sua inscrição no fiesseleção, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até 05 (cinco) dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição. A CPSA é o órgão responsável, na instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

 4- Contratação do financiamento

Após a validação das informações, o estudante e, se for o caso, seu(s) fiador(es) deverão comparecer a um agente financeiro do FIES em até 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento. No ato da inscrição no site fiesseleção, o estudante escolherá sua agência de sua preferência da Caixa Econômica Federal, o atual Agente  Financeiro  do Programa.

 Atenção! Os prazos para a validação da documentação junto à CPSA e para comparecimento à instituição bancária começam a contar a partir da conclusão da inscrição no site fiesseleção, e da validação da inscrição na CPSA, respectivamente, e não serão interrompidos nos finais de semana ou feriados. 

Consulte aqui  (fies.mec.gov.br, no link legislação) a Portaria Normativa N° 1.435/18 e o edital SESU N° 01/19, que dispõem sobre o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil – (Fies), referente ao primeiro semestre de 2019, e dá outras providências. 

Para efetuar a entrega da documentação, agende aqui 

Confira a lista de documentos necessários aqui

FIES - somente para os contratos assinados até 2017.

Renovação: prorrogado até 31 de outubro de 2019.

Suspensão, transferência e dilatação: até 31 de OUTUBRO de 2019.

NOVO FIES: Consulte cronograma do MEC disponibilizado em http://fies.mec.gov.br/ ou verifique informação na Central do aluno.

Como o estudante deve proceder com o aditamento?

1 — Fazer o agendamento na Central do Aluno por meio do link (https://sistemasweb.unitau.br/agenda/index.zul?emp=1).

2 — Comparecer na data agendada portando o Requerimento de matrícula e o boletim de notas e freqüências do semestre anterior.

Importante: para solicitar seu aditamento, é fundamental que o aluno seja regularmente matriculado.

1- O que é o FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. 

2- Quem pode solicitar o FIES?

Podem solicitar o financiamento os estudantes pré–selecionados no processo seletivo do FIES em cursos presenciais de graduação não gratuitos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), oferecidos por instituições de ensino superior participantes do Programa, e que atendam as demais exigências estabelecidas nas normas do FIES para essa finalidade. 

3- É exigido o ENEM para o FIES?

Sim. A seleção dos estudantes aptos para a contratação do FIES será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos no Exame Nacional do Ensino Médio - Enem, observadas as demais normas estabelecidas pelo Ministério da Educação, sendo exigida:

 

  • Média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem igual ou superior a quatrocentos e cinquenta pontos;
  • Nota na redação do Enem diferente de zero. 

4- O FIES financia todos os cursos? Existe algum limite financeiro para os cursos?

Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a 03 (três) no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do FIES. Os cursos que ainda não possuam avaliação no SINAES e que estejam autorizados para funcionamento, segundo cadastro do MEC, também poderão participar do Programa.

Atenção! Somente serão ofertadas vagas no FIES, no semestre em questão, para ingressantes ou não na instituição de ensino, cujos cursos possuam processo seletivo vigente. 

5- O que é aditamento simplificado e aditamento não simplificado?

Aditamento simplificado ocorre quando não há alteração de cláusulas contratuais do financiamento do estudante. Já o aditamento não simplificado ocorre quando há alguma alteração das clausulas contratuais do financiamento do estudante. Lembrando que o Agente Operador do FIES poderá incluir e/ou alterar as hipótese de aditamentos simplificados e não simplificados. 

6- O que é a dilatação de prazo de utilização do financiamento?

A dilatação é o aumento do prazo de utilização do financiamento por até 2 (dois) semestres consecutivos, caso o estudante não tenha concluído o curso até o último semestre do financiamento. 

7- Como e quando solicitar a dilatação de prazo de utilização do financiamento?

A solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento será realizada pelo estudante, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), no período compreendido entre o primeiro dia do último mês do semestre de encerramento do curso e o último dia do primeiro trimestre do semestre de referência da dilatação.

Após a solicitação no sistema, o pedido precisa ser validado pela Comissão Permanente de Supervisão e Avaliação (CPSA) da instituição de ensino superior em até 5 (cinco) dias e, em seguida, o estudante deverá efetuar o aditamento de renovação do financiamento para o semestre dilatado. 

8- Qual o período da transferência integral de curso?

O estudante poderá transferir de curso uma única vez na mesma instituição de ensino, desde que o período transcorrido entre o mês de início da utilização do financiamento e o mês de desligamento do estudante do curso de origem não seja superior a 18 (dezoito) meses. A transferência integral de curso poderá ser solicitada pelo estudante a partir do primeiro dia do último mês do semestre cursado ou suspenso na instituição de ensino de origem até o último dia do primeiro trimestre do semestre de referência da transferência. 

9- Qual o período da transferência integral de IES?

O estudante poderá transferir de instituição de ensino uma única vez a cada semestre, não sendo, neste caso, para fins do FIES, considerado transferência de curso. A transferência integral de instituição de ensino poderá ser solicitada pelo estudante a partir do primeiro dia do último mês do semestre cursado ou suspenso na instituição de ensino de origem até o último dia do primeiro trimestre do semestre de referência da transferência. 

10- O que é a suspensão temporária do contrato de financiamento estudantil?

É a suspensão temporária da utilização do financiamento mantida a duração regular do curso para fins de cálculo do prazo de amortização do financiamento. 

11- Quando o estudante poderá solicitar a suspensão temporária da utilização do financiamento?

A suspensão temporária da utilização do financiamento deverá ser solicitada pelo estudante, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), até o 15º (décimo quinto) dia dos meses de janeiro a maio, para o 1º semestre, e de julho a novembro, para o 2º semestre, e terá validade a partir do primeiro dia do mês seguinte ao da solicitação. A suspensão temporária do semestre para o qual o estudante não tenha feito a renovação semestral do financiamento poderá ser solicitada em qualquer mês do semestre a ser suspenso e terá validade a partir do 1º (primeiro) dia do semestre suspenso. 

12- Por quanto tempo o estudante poderá solicitar a suspensão temporária da utilização do financiamento?

A utilização do financiamento poderá ser suspensa temporariamente por até 2 (dois) semestres consecutivos, por solicitação do estudante e validação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) do local de oferta de curso, ou por iniciativa do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), agente operador do FIES. 

13- É possível ao estudante solicitar mais de 2 (duas) suspensões temporárias da utilização do financiamento?

Sim, excepcionalmente, por mais um semestre, na ocorrência de fato superveniente formalmente justificado pelo estudante e validado pela CPSA; ou por mais 2 (dois) semestres consecutivos, na ocorrência do encerramento de atividade de instituição de ensino aderente ao FIES, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação, até que seja realizada a transferência de instituição de ensino. 

14- O que é o encerramento antecipado do contrato de financiamento estudantil?

É o encerramento antecipado da utilização do financiamento e inicio das fases de carência e amortização de contrato de financiamento estudantil.

15- Como e quando solicitar o encerramento antecipado do contrato de financiamento?

A solicitação do encerramento do contrato de financiamento poderá ser realizada pelo estudante, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES). A solicitação deverá ser realizada até 15º dia dos meses de janeiro a maio e de julho a novembro de cada ano. 

16- O estudante que encerrou antecipadamente seu financiamento poderá obter novo financiamento do FIES?

Não será concedido novo financiamento para estudante que tenha encerrado o prazo de utilização do financiamento, mesmo que antecipadamente.

17 - O que mudou no Fies a partir de 2018?

Até 2017, os contratos do FIES tinham juros sobre o valor contratado, e os estudantes tinham um tempo maior para começar a pagar o financiamento após o término do curso. A partir de 2018, os contratos deixaram de ter juros, mas o valor financiado deve começar a ser pago assim que o contrato é encerrado.